Archive for the 'Vitória da Conquista' Category

Obras de expansão do Shopping Conquista Sul a todo vapor

As obras da 2ª e 3ª expansão do Conquista Sul estão em ritmo acelerado. A previsão de inauguração é para o mês de dezembro.

Irão fazer parte do shopping o hipermercado GBarbosa, além das Casas Bahia, Renner, dentre tantas outras lojas.

De acordo com informações obtidas pelo Blog da Resenha Geral, a nova ampliação do Conquista Sul promete gerar mais de 200 empregos diretos. “Queremos transformar o shopping no maior do interior da Bahia”, destaca o superintendente do local, César Zolim.

Fonte: Resenha Geral
Anúncios

Prefeitura interdita prédio no Bairro Candeias

Desde ontem (segunda-feira) a prefeitura de Vitória da Conquista interditou um prédio localizado na Avenida Jorge Teixeira, no Bairro Candeias.

Um dos comerciantes que possui estabelecimento no local, percebeu várias rachaduras, deixando o piso desnivelado. Ele entrou em contato com o Ministério Público e a Defesa Civil para que o local fosse interditado para que os reparos pudessem ser feitos.

Todos os moradores do prédio também foram convidados para desocuparem os apartamentos. O Corpo de Bombeiros também visitou a unidade e constatou outras irregularidades.

Por Rodrigo Ferraz

Grupo hoteleiro francês Accor em Conquista

Dono das marcas Sofitel, Novotel, Mercure, Ibis e Parthenon, o grupo hoteleiro francês Accor tem um projeto ambicioso: quer fazer, nos próximos quatro anos, o mesmo que levou 25 anos para conseguir no Brasil. Para isso, já está abrindo o cofre: este ano, só de recursos próprios, serão investidos R$ 80 milhões, a maior parte na face menos conhecida de seu negócio, a bandeira Ibis, especializada na hospedagem econômica. A marca tem apenas oito unidades abertas. Mas o diretor-presidente da empresa, Roland de Bonadona, avisa que quer ampliar – e rapidamente – esse número. Até o fim de 2003, o executivo planeja abrir mais 50 hotéis Ibis. “Esse modelo está perfeito para o público a que se propõe a atender, oferecendo um bom atendimento a um preço honesto”, diz Bonadona. O otimismo é justificável. Depois de três meses de funcionamento, os primeiros hotéis Ibis chegaram a 70% de taxa de ocupação, um percentual que só é alcançado um ano depois de a unidade abrir suas portas.
O grupo hoteleiro francês Accor, por exemplo, tem por hábito administrar diretamente a maior parte de seus hotéis, mas decidiu apostar na franquia como forma de crescer fora dos maiores centros urbanos. Atualmente, conta 15 com franquias das bandeiras Ibis e Novotel. A abertura de outras 23 está em estudo. A rede Formule 1, de tarifas mais populares, também deve aderir ao modelo.

Nos próximos cinco anos, novos hotéis vão surgir em cidades como Suape (PE), Vitória da Conquista (BA), Piracicaba (SP), Paranaguá (PR) e Canoas (RS). Mais um indício do crescimento do número de franquias no interior do Brasil é o fato de que, dos 124 shoppings em construção, 80 deles estão localizados em cidades fora de grandes centros urbanos. Atualmente, 80% dos restaurantes e lanchonetes em uma praça de alimentação desses empreendimentos são operados por franqueados.

Com informações da ISTO É DINHEIRO

Vitória da Conquista vai ganhar três hotéis e planetário

Vitória da Conquista não para de crescer. Prova disso é que o município terá a primeira representação da Ademi-BA no interior baiano. “O mercado imobiliário em Vitória da Conquista vive um momento impar”, confirma Pedro Pithon Batista, diretor da PEL, construtora com cerca de 1 mil unidades em construção na cidade. As dez construtoras que operam no mercado local erguem 7,5 mil moradias, segundo a Caixa Econômica Federal. A expansão do setor, além de atrair a atenção de construtoras de Salvador, fez com que o preço dos terrenos no município triplicassem, nos últimos quatro anos.

A cidade, que terá até novembro o maior shopping do interior do Norte e Nordeste do país, num investimento de R$ 50 milhões, também vai ganhar mais três grandes hotéis. Um deles, que vem sendo construído próximo ao shopping em expansão, levará a bandeira Ibis. Serão 110 apartamentos, com previsão de entrega em 2012. O outro pertence à Construtora E2 Engenharia, que está investindo cerca de R$ 14 milhões para erguer um quatro estrelas com 96 suítes e um salão para eventos com capacidade para 300 pessoas. Um empresário da cidade também iniciou a construção de um empreendimento de dez andares, com 236 apartamentos, e salão de eventos para 500 pessoas, com expectativa de investimento acima dos R$ 18 milhões. “O capital não dá viagem errada. Só vai onde se reproduz”, destaca o prefeito do município, Guilherme Menezes.

Referência – Vitória da Conquista não quer ser apenas um polo comercial ou de turismo. O município, que conta duas universidades publicas (Uesb e Ufba) e três faculdades privadas, que atraem cerca de 20 mil estudantes, quer ser referência na área educacional. De olho nisso, a prefeitura está montando a Cidade da Ciência, complexo para difusão de conhecimento e formação científica e tecnológica ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

O projeto também prevê a construção de um planetário, o segundo do Estado (o outro está em Feira de Santana). “O país perde muita inteligência para o crime”, observa Guilherme Menezes, defensor do crescimento econômico pela educação. A expectativa do governo é iniciar as obras em outubro, com inauguração para junho de 2012, num orçamento geral estimado em R$ 3 milhões. Um edital para aquisição dos equipamentos do planetário deverá ser publicado já este mês, adianta.

A Cidade Digital é outro projeto do governo. A ideia é colocar sinal de internet em todas as unidades de saúde e educação do município, além de residenciais de famílias que ganham até 5 salários mínimos. O projeto já foi posto em prática no distrito de José Gonçalvez, localizado a 30 minutos da capital. A expectativa do prefeito Guilherme Menezes é globalizar o sinal até meados de 2012. Já foram investidos R$ 600 mil na implantação das torres que vão transmitir o sinal de internet. ” Conquista é uma das cidades que mais se desenvolve no país e a prefeitura tem que acompanhar esta expansão”,  acentua.

FONTE: GENTE & MERCADO

A Verificação Multidisciplinar (VMD) é Alvo de Críticas e Protestos em Vitória da Conquista

Os alunos da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) de Vitória da Conquista realizaram nesta quinta, 11, um abaixo-assinado com o objetivo de cancelar a mudança realizada no critério de avaliação da instituição, alegando que este apresenta falhas e pode vir a prejudicar os discentes. Em nota, a FTC esclarece:

Buscando promover, cada vez mais, uma avaliação processual que atenda às diretrizes curriculares nacionais do Ministério da Educação (MEC) para os cursos de graduação, a Rede de Ensino FTC adotou, a partir deste semestre, novos critérios de avaliação da aprendizagem.
Para tanto, após o período de avaliações da segunda unidade letiva, o aluno deverá responder à Verificação Multidisciplinar (VMD), que tem como objetivo identificar o nível da aprendizagem dos estudantes no que diz respeito às competências e habilidades estabelecidas nas diretrizes curriculares dos cursos e no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), estabelecendo uma associação com os conteúdos essenciais constantes nas ementas de cada curso.
A adoção dos novos critérios de avaliação não tem sido bem compreendida por um pequeno grupo de estudantes que teme por não ter bom desempenho na VMD, inclusive antecipando problemas que não serão possíveis de existir. Um deles diz respeito à confiabilidade das perguntas, elaboradas para a verificação.”
De acordo com esclarecimentos prestados pela direção da FTC, esta possibilidade é totalmente equivocada, já que as questões e os gabaritos são elaborados e cadastrados por professores de cada disciplina. Em seguida, o Núcleo Docente Estruturante, formado por professores e coordenadores de cursos, é responsável pela revisão e validação das questões elaboradas no sistema.
A FTC ressalta ainda que, “com a aplicação da Verificação Multidisciplinar, será possível conhecer e acompanhar o trabalho desenvolvido pelos docentes, bem como verificar a necessidade de ajustes dos projetos pedagógicos dos cursos e programas de ensino frente às exigências das diretrizes curriculares, assegurando estratégias de revisão quando detectadas lacunas no processo de ensino-aprendizagem”.
Neste contexto, a direção da Faculdade ressalta “que o processo de avaliação ocupa espaço relevante no conjunto de práticas pedagógicas aplicadas, que se constituí recurso essencial para o aprimoramento constante dos processos educativos de ensino e de aprendizagem. A FTC esclarece ainda que VMD não é o principal critério de avaliação, pois a Média da Unidade Letiva é alcançada com outras formas de avaliação que podem ser individual ou coletiva”

No entanto, alunos da instituição afirmam que a “VIDA (Verificação Institucional de Aprendizagem) é um sistema falho e sem credibilidade e que o VMD se baseia no modelo antigo de avaliação”. De acordo com eles, a prova possui assuntos de todas as matérias do semestre, mas as questões são mal elaboradas, sem respostas ou até mesmo de conteúdos que não foram lecionados em sala de aula. A implantação da prova como crédito fixo também altera a exigência das notas. Se um aluno tirar notas 7 e 7 nas avaliações já convencionais, precisa acertar 70% da antiga “VIDA”. Para os estudantes, essa mudança ocorreu, de forma indireta, para “reprovar os alunos. Afinal, para se aumentar a qualidade da instituição, primeiro é necessário aumentar a qualidade do ensino e não dos critérios de avaliação“.

Andamento do projeto do novo aeroporto de Conquista é abordado em coletiva de imprensa

O prefeito municipal, Guilherme Menezes, recebeu em seu gabinete na manhã dessa sexta-feira, 05, jornalistas de diversos veículos de comunicação de Vitória da Conquista para falar a respeito do andamento do processo de licenciamento ambiental e explicar as próximas etapas para a construção do novo aeroporto de Vitória da Conquista.
Durante a coletiva, o prefeito reafirmou o compromisso e os esforços que o Governo Municipal tem feito para viabilizar a construção desse novo equipamento no município. De acordo com ele, a Secretaria Municipal de Infraestrutura, desde a assinatura do Protocolo de Intenções entre a Prefeitura e o Governo do Estado em fevereiro de 2010, disponibilizou todo aparato logístico e informações, no sentido de agilizar e auxiliar na elaboração do projeto técnico do aeroporto.
O novo aeroporto de Vitória da Conquista, orçado em R$ 150 milhões, ocupará uma área de 616 hectares, com pista inicial de 2.100 m de comprimento – o que possibilita ampliações futuras. Segundo o prefeito, os 17 proprietários da área desapropriada para a construção do aeroporto já estão sendo indenizados. “Essa é uma etapa muito importante por garantir a escritura física do terreno”, disse.
Para o prefeito Guilherme Menezes, “o ritmo acelerado para a construção de um equipamento como esse se explica por existir vontade e decisão política tanto por parte da Prefeitura Municipal, quanto do Governo do Estado”.
Ao final da coletiva, o prefeito reiterou: “todos sabemos o quanto tem sido esperada a construção do aeroporto de Vitória da Conquista. A Prefeitura Municipal continuará acompanhando e monitorando de perto o projeto de construção do equipamento”. As próximas ações previstas são: a realização de Audiência Pública em Conquista, sob responsabilidade do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos/Inema, e expedição da Licença de Localização.

Novo Aeroporto: Secretário Estadual de Meio Ambiente se reúne com equipe da Prefeitura

Na tarde desta segunda-feira, 8, representantes da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista se reuniram com o secretário de Meio Ambiente do Estado, Eugênio Splender, e equipe para abordar  o andamento do processo de  licenciamento ambiental para a construção do novo aeroporto de Vitória da Conquista.
Na ocasião, o secretário de Meio Ambiente do Estado explicou algumas etapas do processo de licenciamento     “ O processo de licenciamento do novo aeroporto de Vitoria da Conquista está na fase de análise de Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental/RIMA. Sendo que o Rima já foi publicado, e a partir do mês de setembro já poderá ser realizada a audiência pública que é parte do rito de licenciamento”, disse o secretário, destacando ainda a  agilidade do processo. “ Esse licenciamento é um dos mais rápidos, em menos de um ano foi feito o estudo de impacto ambiental, e o nosso planejamento é que a licença de localização seja publicada até o mês de outubro”
A próxima etapa do licenciamento será a licença de implantação, as obras só poderão ser iniciadas após a concessão dessa licença. “O secretário nos disse que no máximo, em até quatro meses, a licença de implantação deve ser emitida”, disse o secretário municipal de Meio Ambiente, Valdemir Dias.
O secretário destacou também  os esforços da administração municipal para a celeridade do projeto. “ A Prefeitura está fazendo todo o acompanhamento necessário e se colocando a disposição para ajudar no processo da maneira que for possível”, afirmou.
O novo aeroporto de Vitória da Conquista está orçado em R$ 150 milhões e ocupará uma área de 616 hectares, com pista inicial de 2.100m de comprimento e capacidade para mais de 200 mil passageiros.

Fonte: Secom – PMVC

1ª Mostra Robótica em Conquista

O Instituto Conquistense de Altas Habilidades (Iconah) realizará no dia 30 deste mês, a 1ª Mostra Robótica, no Ginásio de Esporte Raul Ferraz, em Vitória da Conquista. O evento contará com especialistas na área robótica, além da participação de faculdades e escolas da cidade.
O objetivo do evento é discutir alguns assuntos voltados à robótica. O Instituto possui outros clubes, e pautam outros assuntos, como astronomia, literatura, história, gestão, esporte e ações educativas são alguns pontos de discussão do Iconah.
As realizações e projetos do Iconah são difundidos através da rede mundial, a fim de futuramente obter participantes de todos os lugares. Conquista foi escolhida para sediar a 1ª Mostra Robótica, ou seja, uma oportunidade para quem quer saber mais sobre o processo robótico.
A robótica é um ramo da tecnologia que engloba a mecânica, a eletrônica e a computação, que atualmente trata de sistemas compostos por máquinas e partes mecânicas automáticas e controladas por circuitos integrados, isto é, tornando sistemas mecânicos motorizados, controlados manualmente ou automaticamente por circuitos elétricos.

Fonte: Vitoriadaconquista.com.br

Arquivos

Quer dar sugestões, expressar sua opinião, comunicar algum aconte- cimento, publicar algum texto e até mesmo fazer críticas? Contate-nos:

ecivilftc@hotmail.com

Há quem ache isso perda de tempo, mas é graças a esses contatos que algumas coisas estão sendo preparadas ou, quando menos, estudadas. Fique à vontade. A frase é pra lá de clichê, mas, de fato, "seu contato é muito importante para nós".

group1186588@groupsim.com

Adicione este email à sua lista de contatos do MSN e interaja com os alunos de Engenharia Civil da FTC. O "chat" é em tempo real, assim criando um canal direto entre os alunos do curso. Só basta adicionar e "chamar a atenção" na página do chat para entrar em contato com outras pessoas online

Antes de mais nada gostaria de agradecer a vossa visita ao nosso site, ela é muito importante para a continuidade do nosso trabalho. A todos vocês visitantes do nosso blog, nossos sinceros votos de agradecimento por contribuírem para a realização deste sítio.

Atualizações Twitter