Estados Unidos vai construir torre de 790 m para geração de energia solar

Ar aquecido por efeito estufa deverá propulsionar 32 turbinas, o suficiente para abastecer 100 mil residências no Arizona.

Até 2013 deve começar a construção de uma torre solar de aproximadamente 790 m de altura, que deverá fornecer energia para cerca de 100 mil residências no Estado do Arizona a partir de 2015. O projeto é da empresa de energia renovável australiana EnviroMission, que contratou a construtora Hensel Phelps para as obras.

Divulgação: EnviroMission
Torre terá aproximadamente 790 m de altura

A torre, com custo estimado em US$ 750 milhões, será conectada a uma estufa com 4,8 km de diâmetro no máximo. A estufa servirá para esquentar o ar através da radiação solar, sendo que a temperatura naquele espaço, segundo os engenheiros, poderá chegar a até 72 °C. O ar mais quente, e portanto mais leve,  sobe para a torre, por onde propulsiona 32 turbinas durante sua passagem, gerando até 200 MW de energia.
A torre será a segunda estrutura mais alta do mundo, ficando atrás somente do Burj Khalifa, em Dubai, com 811 m. A torre precisa ser alta para que o ar no topo da estrutura seja frio o bastante para que a diferença de temperatura seja maior e o ar quente suba com maior força. De acordo com a empresa, a cada 97 m, o ar diminui sua temperatura em aproximadamente 16 °C.

A Arup, que está desenvolvendo o projeto estrutural, afirma que a torre deverá ser construída com concreto reforçado, e a estufa, em steel frame. Para provocar o efeito estufa, a estrutura de aço será coberta por uma camada de vidro e uma camada translúcida de ETFE (etileno tetrafluoretileno).

De acordo com a empresa, um dos maiores problemas do projeto será a logística em pleno deserto do Arizona. Para a construção de uma estrutura deste porte, há a necessidade de uma grande infraestrutura para transporte e estoque de materiais e alojamento dos quase 1,5 mil trabalhadores.

Em 1989, um protótipo da torre foi construído em Manzanares, na Espanha, pela Schlaich Bergermann. Em escala menor, com apenas 194 m de altura, a torre metálica chegou a produzir 50 kW de energia, sendo que a estufa tinha 240 m de diâmetro.

Divulgação: EnviroMission
Estufa terá aproximadamente 4,8 km de diâmetro
Divulgação: EnviroMission
Torre precisa ser alta para manter diferença de temperatura e pressão
Divulgação: EnviroMission
Protótipo construído em Manzanares, na Espanha
Fonte: Téchne, por Mauricio Lima

0 Responses to “Estados Unidos vai construir torre de 790 m para geração de energia solar”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Arquivos

Quer dar sugestões, expressar sua opinião, comunicar algum aconte- cimento, publicar algum texto e até mesmo fazer críticas? Contate-nos:

ecivilftc@hotmail.com

Há quem ache isso perda de tempo, mas é graças a esses contatos que algumas coisas estão sendo preparadas ou, quando menos, estudadas. Fique à vontade. A frase é pra lá de clichê, mas, de fato, "seu contato é muito importante para nós".

group1186588@groupsim.com

Adicione este email à sua lista de contatos do MSN e interaja com os alunos de Engenharia Civil da FTC. O "chat" é em tempo real, assim criando um canal direto entre os alunos do curso. Só basta adicionar e "chamar a atenção" na página do chat para entrar em contato com outras pessoas online

Antes de mais nada gostaria de agradecer a vossa visita ao nosso site, ela é muito importante para a continuidade do nosso trabalho. A todos vocês visitantes do nosso blog, nossos sinceros votos de agradecimento por contribuírem para a realização deste sítio.

Atualizações Twitter

 


%d blogueiros gostam disto: